Lisboa acolheu o Luxury Summit do Financial Times

 

Por ser uma das cidades mais dinânimas e envolventes da Europa, segundo as palavras de Lionel Barber, o editor do Financial Times, a capital portuguesa foi a cidade escolhida para acolher a edição deste ano do FT Business of Luxury Summit.

Tendo como palco principal o Four Seasons Hotel Ritz, a cimeira reuniu, no início da semana, analistas, fashion líderes, decisores e diretores de algumas das grandes empresas associadas aos negócios do luxo em todo o mundo.

No domingo ao final da tarde, as ruínas do convento do Carmo no Chiado acolheram os participantes para um agradável cocktail.

A BARNES International Realty foi um dos patrocinadores oficiais deste evento e ofereceu um jantar a bordo do River Cruise da Confeitaria Nacional para a apresentação da 1ª edição do The Global Property Handbook, o estudo de mercado de luxo elaborado em parceria com a WealthX e a Warburg, o seu parceiro exclusivo em Nova Iorque.  Estiveram presentes os seus melhores clientes, entre investidores, promotores, proprietários e compradores, que puderam admirar, a partir do Tejo, Lisboa à noite.

 

Ao longo de dois dias, no Four Seasons Ritz Hotel, personalidades como Durão Barroso, o CEO da Hermès, Axel Dumas, o presidente da Cartier, Cyrille Vigneron, Francois-Henry Bennahmias, CEO da Audemars Piguet, ou o director artístico da Louis Vuitton, Nicolas Ghesquière foram alguns dos oradores das conferências, cujo mote principal foi a análise dos desafios que o futuro próximo coloca aos negócios do mercado de luxo, para ajudar as marcas a repensar as suas estratégias por forma a se posicionarem para acompanhar a revolução que este sector vive atualmente.

Jonathan Anderson, director criativo da J.W.Anderson e da Loewe foi um dos mais aplaudidos, bem como a blogger de moda que se tornou uma empresária de sucesso, Miroslava Duma.

O futuro da indústria dos carros de luxo foi analisado pelo chefe de design da MacLaren, Robert Melville, e o designer da Bentley, Stefan Sielaff.

Um dos oradores convidados foi o português José Neves, CEO e fundador da Farfetch, que participou num dos paineis de maior sucessso – “Liderança, Fabrico e Inovação” com Floriane Saint Pierre, Robin Derrock, da Spring Studios, e Alexander Illing, o jovem português da GES Export.

O cozinheiro Nuno Mendes do restaurante londrino Chiltern Firehouse, considerado por Gordon Ramsey como o “chef dos chefs”, falou sobre “Como a Cozinha se Tornou Luxo” e das suas preferências gastronómicas em Portugal.

Na segunda feira houve um jantar de Gala no Pátio da Galé, no Terreiro do Paço, onde atuou de forma brilhante a fadista Ana Moura, que animou a plateia com o seu Fado Dançado. A after-party foi oferecida pelo Portugal Fashion no lounge da ANJE no Pátio da Galé.

Mais uma organização de sucesso que coloca Lisboa e Portugal nas bocas do mundo.